quinta-feira, 14 de novembro de 2013

O J.S. esta descontrolado!!!

"J.S. é uma voz poderosa usada por Deus nestes tempos de apostasia"
Eu,há alguns anos atrás

É realmente deprimente ver a que ponto o blogueiro chegou. Eu o admirava muito,pela sua luta contra os gayzistas e pelo seu apoio ao homeschooling(educação em casa) ,que eu considero uma forma legítima de ensino.No entanto, J. me decepcionou,e creio também que decepcionou muitas pessoas.Atualmente, ele vira sua metralhadora para outros cristãos.Primeiro, destaco o seu violento ódio aos que ele considera "esquerdistas". Ora,em matéria política,eu pendo para o lado da direita. Sei que em muitos países onde a esquerda tomou o poder,os cristãos foram severamente perseguidos. No entanto, creio que J. está pintando o retrato dos esquerdistas moderados com cores berrantes demais.Ele chegou a insinuar que o bispo D. Robinson Cavalcanti(da Diocese Anglicana de Recife) foi assassinado pelo próprio filho como castigo por apoiar alguns grupos de esquerda.Depois desta declaração,  passei a olhar o blogueiro com certa reserva.
O que explodiu no entanto, foi sua violenta oposição ao cessacionismo,que,como disse numa postagem anterior,é a crença dos evangélicos chamados de tradicionais(ou históricos). E obvio que ele tem direito de crer e espalhar a crença pentecostal(eu mesmo sou,conforme disse em outro artigo, 50% pentecostal e 50% cessacionista).No entanto, ele tem sido desonesto ao insinuar que os crentes tradicionais são,vamos assim dizer,incompletos.Eu já vi comentários horríveis de seus discípulos contra os não-pentecostais.Conforme eu disse em outra postagem, um "santo irmão" publicou,com autorização do J. , uma mensagem na qual dizia que o Espírito Santo havia saído das igrejas presbiterianas,e que quem as frequentasse era digno de dó. Mas agora o J num artigo de próprio punho, mostrou seu desequilibro. Ele cita e apoia as palavras de um certo pregador que diz serem os cessacionistas "mundanos" e "deístas". Disse serem os tradicionais "nem ateus nem crentes".Ou seja,são "mornos"(quem conhece a Bíblia vai perceber que este senhor ofendeu de maneira descabida seus próprios irmãos). Esse cavalheiro também diz que os tradicionais estão nos púlpitos iludindo as pessoas.
Realmente, J. S. passou de todos os limites. De campeão do evangelho,tornou-se um juíz(desses que fazem o curso na Universidade de Cavalinhos do Sul). Que ele,a quem apesar de tudo eu considero como irmão, volte a ser controlado pelo Espírito Santo para lutar pelo evangelho.

Um comentário:

  1. Para mim,este cara sempre foi um espertinho,se promovendo ás custas da causa gay.

    ResponderExcluir