quarta-feira, 8 de maio de 2013

A riqueza da tradição da Igreja




Atualmente,tanto nos EUA quanto no Brasil,estamos vivendo no meio evangélico um movimento de busca das raízes.Muitos protestantes tem demonstrado interesse pela herança espiritual da igreja indivisa.A Patrística(estudo dos Pais da Igreja-teólogos dos primeiros séculos do Cristianismo),outrora desprezada,passou a se tornar objeto de interesse entre protestantes tradicionais e pentecostais.Igrejas passaram a adotar o calendário litúrgico,comemorando datas como o domingo de Ramos,a epifania,etc.
Qual é a razão desse movimento? Creio que seja a perda de identidade que os evangélicos tem sofrido atualmente.Com o advento e propagação da teologia da prosperidade,evangelho da inclusão,teísmo aberto,estranhas manifestações atribuídas ao Espírito Santo e coisas do tipo,muitos evangélicos sérios se sentiram um tanto perdidos,deslocados.Passaram a procurar então uma nova identidade.
Quer queiram,quer não,TODA igreja tem uma "tradição".O que não podemos permitir é que tradições antibíblicas dominem a igreja.Mas quanto a costumes próprios de cada denominação,isso vai de cada uma.Para citar um exemplo: Os assembleianos costumam a se saudar com a "Paz do Senhor".Os membros da CCB com a "Paz de Deus".Alguns batistas com a "Graça e Paz".A liturgia,os hinários e outras coisas também variam.
O que alguns evangélicos fizeram foi "cavar mais fundo o buraco" e buscar na História algumas tradições,costumes,etc.Como já foi dito,era preciso estabelecer uma nova identidade.Ela foi encontrada por muitos irmãos na História Cristã.Protestantes das mais diversas denominações a encontraram na herança comum dos cristãos,na catolicidade(universalidade) da Igreja.
E isto é bom? Depende.Como já foi dito,qualquer tradição que viole as Sagradas Escrituras deve ser imediatamente rejeitada.No entanto,existem muitas tradições boas,proveitosas,úteis,belas,sublimes.
Na tradição da Igreja,podemos encontrar os Pais.Com eles,a base do sistema teológico do Cristianismo.A apologia da fé ortodoxa contra as heresias e paganismo.A base da filosofia cristã.Assim sendo,estudando os escritos de homens como Agostinho,João Crisostomo,Orígenes,Tertuliano,etc,podemos entender melhor o desenvolvimento do pensamento cristão,do início aos dias atuais.Podemos encontrar argumentação e fundamentação profunda das grandes doutrinas cristãs.
Na tradição da Igreja,podemos encontrar os mártires.Em vinte séculos de histórias,santos homens,mulheres e crianças sofreram grandes perseguições e até a morte por amor á Cristo.É edificante e útil estudar o testemunho deles,que são uma glória para a Igreja de Cristo.Fortalecidos por seus exemplos,podemos enfrentar melhor os nossos sofrimentos.
Na tradição da Igreja,podemos encontrar a liturgia em toda a sua beleza.Os hinos e cânticos,as orações,o espaço,os gestos,o simbolismo.Tudo está carregado de significado biblico-teológico.O calendário litúrgico nos permite contemplar os grandes mistérios do agir de Deus na humanidade.O lecionário evita que os textos bíblicos sejam sempre os mesmos,como ocorre em muitas igrejas.As cores,os objetos,nos comunicam atravéz da linguagem simbólica uma realidade espiritual.A recitação dos credos,mostra nossa fé e nos une aos cristãos de diversas denominações e épocas.
Na tradição da Igreja,podemos encontrar a música sacra.Encontramos o belíssimo canto gregoriano(e seus equivalentes orientais,como o canto bizantino),totalmente desprovido de quaisquer associações com a música secular,sendo considerado por isso o tipo mais puro de música de louvor.Econtramos os hinos cujos originais em grego foram escritos pelos primeiros poetas cristãos.Encontramos os hinos católicos cujos originais estão em latim,dos mais variados assuntos,escritos durante a Idade Média.Encontramos os salmos metrificados na tradição calvinista.Encontramos os chamados corais alemães,da igreja luterana.Encontramos os hinos tradicionais dos hinários das diversas igrejas evangélicas.Encontramos os antemas,motetos,paixões,oratórios,réquiens,e todo um tesouro  de música de excelente qualidade composta pelos grandes mestres,como Bach,Beethoven,Palestrina,etc.
Na tradição da Igreja,podemos encontrar a espiritualidade.Os chamados exercícios espirituais.A lectio divina(leitura devocional acompanhada de oração e meditação).A contemplação do sagrado.Belíssimas orações feitas por servos de Deus durante vinte séculos de história,nos diversos ramos do Cristianismo.
Na tradição da Igreja,podemos encontrar a Teologia,nos seus diversos ramos.Encontramos os profundos estudos,escritos,sermões,palestras e debates dos teólogos cristãos.Dos Pais Apostólicos,como Policarpo,aos teólogos do século XX,como C.S. Lewis.Estudar os grandes teólogos é um dos melhores meios de crescimento no conhecimento cristão,nas mais diversas áreas.Calvinistas e arminianos.Anabatistas e pedobatistas.Protestantes e católicos.Pentecostais e tradicionais.Todos estão aí,para estudarmos,analisarmos à luz da Bíblia(nossa única regra de fé).
Na tradição da Igreja,podemos encontrar os exemplos de fé,esperança e caridade dos servos de Deus que passaram para a História.
Isso é só um pequeno exemplo do que podemos encontrar de bom na tradição cristã.Assim,vemos que a tradição da Igreja pode ser algo maravilhoso,se usada pela nossa liberdade cristã á luz da Bíblia.Vinte séculos de história não podem ser simplesmente jogados fora.

Nenhum comentário:

Postar um comentário