sexta-feira, 26 de outubro de 2012

A Igreja Ortodoxa


No Brasil,muito se sabe sobre dois dos três grandes ramos do Cristianismo:O protestantismo e o catolicismo romano.No entanto,pouco é dito e debatido sobre o outro ramo,a chamada Igreja Ortodoxa.Quem são os ortodoxos?
Para responder essa pergunta,temos que voltar a um milênio atrás.A Igreja Cristã estava unida.No entanto,as igrejas do Ocidente e do Oriente mantinham certas disputas.O ápice veio em 1054,quando o papa de Roma Leão IX e o patriarca de Constantinopla, Miguel Cerulário excomungaram-se mutuamente.Entre as razões,temos a recusa das igrejas orientais de usar o pão ázimo na eucaristia e de incluir a cláusula filoque(que dizia que o Espírito Santo provém do Pai E do Filho,e não somente do Pai,como afirmava o credo na época).Assim,o papa ficou sendo líder no Ocidente(Igreja Católica Apostólica Romana) e o patriarca de Constantinopla no Oriente(Igreja Ortodoxa).No entanto,como veremos depois,o patriarca de Constantinopla não é exatamente um líder oficial.
A Igreja Ortodoxa considera a si mesma como a igreja "una,santa,católica(universal)e apostólica" do credo niceno.Sendo assim,para seus fiéis,ela é a única e verdadeira igreja, fundada por Cristo e seus apóstolos.A única que guarda a verdadeira Tradição.
A administração da Igreja Ortodoxa é a seguinte(retirado do site de teologia ortodoxa Ecclesia):


"A autoridade suprema na Santa Igreja Católica Apostólica Ortodoxa é o Santo Sínodo Ecumênico, que se compõe de todos os Patriarcas chefes das Igrejas Autocéfalas e os Arcebispos Primazes das Igrejas Autônomas, que se reúnem por chamada do Patriarca Ecumênico de Constantinopla e sob a sua presidência, em local e data que ele determinar.

A autoridade suprema regional em todos os Patriarcados autocéfalos e Igrejas Ortodoxas autônomas é da competência do Santo Sínodo Local, que é composta dos Metropolitas chefes das arquidioceses sob a presidência do próprio Patriarca ou Arcebispo que convoca a reunião, marcando a data, o local e a ordem do dia."

Vemos então,que o patriarca de Constantinopla não é o líder máximo da Igreja Ortodoxa,diferentemente do papa de Roma e de certos líderes evangélicos.
Mas,no que crê a Igreja Ortodoxa? Em comum com os demais cristãos,os ortodoxos creem nas afirmações de fé dos credos apostólico,niceno e atanasiano Entre as crenças incluem-se: A Trindade;a encarnação do Verbo de Deus,sua morte na cruz para nossa salvação,sua ressurreição corporal,sua segunda vinda;o Espírito Santo,que falou pelos profetas;a remissão dos pecados;a ressurreição corporal;o juízo final;a igreja;o batismo,etc.Em comum com os católicos romanos,eles tem a crença na Tradição como regra de fé(ao lado das Escrituras);a crença na intercessão e o culto aos  santos mortos,principalmente a Virgem Maria(geralmente chamada de Theotokos- "Mãe de Deus");a crença na eficácia das orações pelos mortos;os livros deuterocanônicos(e mais alguns);a transubstanciação(de um modo um pouco diferente dos católicos); creem na salvação pela fé mais as obras;o batismo infantil(que,só para lembrar,também é praticado por parte dos evangélicos,como nós,presbiterianos).
Agora,vamos as diferenças: Eles NÃO creem  no purgatório;nem indulgências;na Imaculada Conceição e Assunção Corporal de Maria;não possuem as devoções ao Sagrado Coração de Jesus nem ao Imaculado Coração de Maria.Não creem que a culpa do pecado original é hereditária(os católicos e protestantes creem que é),mas apenas as suas consequências (degradação. morte,etc.).Assim sendo,os que morrem na infância são salvos(diferentemente do ensino católico,que é embaçado quanto a esse assunto);que o único cabeça da igreja é Cristo,e não um líder humano.Rejeitam a infalibilidade dos líderes.
Os ortodoxos também tem diferenças em relação á sua organização e costumes.Não possuem colégio de cardeais e ordenam homens casados ao sacerdócio;batizam crianças por tripla imersão;não usam imagens esculpidas,apenas pinturas(a exceção é o crucifixo);tem seus próprios santos;festas;liturgias;vestes;etc.(embora tenham em comum várias coisas com a igreja católica e até com as protestantes).Um exemplo tradicional dos templos ortodoxos é a iconóstase-parede coberta com ícones(pinturas sacras)que separa o altar do resto da igreja.Nas igrejas ortodoxas tradicionais,não são usados instrumentos musicais,as mulheres usam véu e todos ficam em pé(não há bancos)
Os ortodoxos atualmente são cerca de 300 milhões em todo o mundo.São maioria nos países da Europa Oriental.No Brasil,chegaram como imigrantes(árabes,etc.).Em nosso país,a Igreja Sirian Ortodoxa de Antioquia participa de um órgão ecumênico,o CONIC(Conselho Nacional de Igrejas Cristãs).Pelo mundo,diversas igrejas ortodoxas participam do diálogo com outros cristãos(como no Conselho Mundial de Igrejas).
Se alguém quizer mais informações sobre os ortodoxos,entre em contato comigo.
Para saber mais:

Grandes civilizações do passado-Igreja Cristã pg.-162-170
O Deus (in)visível-Yancey,Philip pg.23-25
http://www.youtube.com/watch?v=VHK7HC0gg4M
http://www.youtube.com/watch?v=K64r4-dDjPc
http://ecclesia.com.br/



Nenhum comentário:

Postar um comentário